quarta-feira, 10 de outubro de 2012

OSHO - COMPAIXÃO É TRANSFORMAÇÃO DAS ENERGIAS


COMPAIXÃO É TRANSFORMAÇÃO DAS ENERGIAS
OSHO


Nós sabemos o que é paixão; por isso não é muito difícil entender o que a compaixão poderia ser.

Paixão significa um estado de febre biológica - ela é quente, você fica quase possuído por energias biológicas inconscientes. Você não é mais senhor de si mesmo, é só um escravo.

Compaixão significa que você transcendeu a biologia, que você transcendeu a fisiologia. 
Você não é mais um escravo, você se tomou um mestre. 
Agora você vive conscientemente.

Não é mais dirigido, puxado para lá e para cá por forças inconscíentes; você pode decidir o que quer fazer com as suas energias. Você é totalmente livre. Portanto, a mesma energia que se torna paixão é transformada em compaixão.

Paixão é luxuria, compaixão é amor. 
Paixão é desejo, compaixão é ausência de desejo. 
Paixão é ganância, compaixão é compartilhar. 

A paixão quer usar o outro como um meio, a compaixão respeita o outro como um fim em si mesmo.

A paixão mantém você preso à terra, ao lodo, e você nunca se toma um lótus. A compaixão faz de você um lótus. Você começa a se elevar acima do mundo lodoso dos desejos, da ganância, da raiva. A compaixão é a transformação das suas energias.

Normalmente você vive disperso, fragmentado. Um pouco de energia é absorvida pela sua raiva, outro tanto é absorvido pela sua ganância, outro tanto pela sua luxúria e assim por diante.

E existem tantos desejos à sua volta que você fica sem energia nenhuma; você acaba oco, vazio.

Lembre-se do que disse William Blake - há uma grande sabedoria nisto -; ele disse: "Energia é alegria". Mas não lhe resta nenhuma energia; toda a sua energia vive descendo pelo ralo.

Quando todas essas energias não são mais desperdiçadas elas começam a encher o seu lago interior, o seu ser interior. Você fica repleto. Uma grande alegria brota em você.

Quando começa a transbordar, você se toma um buda e passa a ser uma fonte inesgotável.

Só quando for um buda você provará o que é a compaixão.
A compaixão é um amor sereno - não frio, veja bem - sereno.
É um compartilhar da sua alegria com toda a existência.

Você passa a ser uma benção para si mesmo e uma bênção para toda a existência.
Isso é compaixão.

A paixão é uma maldição, a compaixão é uma bênção.


Osho, em "Compaixão: O Florescimento Supremo do Amor"
Publicado no blog Palavras de Osho

LUZ!
STELA

Postar um comentário